The astonishing color of after – Emily X. R. Pan ?>

The astonishing color of after – Emily X. R. Pan

Depois que a mãe de Leigh morreu, a garota tem certeza de apenas uma coisa: a mulher que lhe deu a luz virou um pássaro.

Mesmo que seu pai não acredite nela, Leigh viaja para Taiwan a pedido do pássaro vermelho no qual sua mãe se transformou. Lá, ela encontra a avó e o avô materno, que lidam com o luto de seu próprio jeito. Seu pai a deixa lá com os parentes em um país completamente desconhecido (exceto pela comida que era feita nos dias bons de sua mãe).

Longe de casa e de seu pai, ela pode respirar um novo ar e pensar um pouco melhor no que deu errado com Axel – seu melhor amigo e crush de longa data. Afinal, no dia em que eles finalmente se beijaram, a mãe de Leigh se matou.

Talvez tenha sido isso.

Se virando com o chinês do jeito que pode (e desenhando o que dá), Leigh vai em busca do passado da sua mãe – para achar um jeito de salvá-la da escuridão que toma seus sonhos.


The astonishing color of after foi traduzido pro português (e é basicamente por isso que estou fazendo a resenha)! A editora é a “Universo dos Livros” e o título ficou As Extraordinárias Cores do Amanhã. Eu gostei muito que eles deixaram a capa igual ao original em inglês, e espero que a edição seja incrível também.

Bem, como vocês devem ter imaginado pela frase anterior, eu adorei a capa. Foi ela que mais me chamou a atenção quando eu vi uma foto em um Instagram gringo. Apesar disso, foi bem difícil colocar esse livro na minha estante organizada por cor: vermelho ou roxo? Acabei colocando no vermelho, mas ela realmente está no limbo. No caso da edição americana de The astonishing color of after, não tenho problema nenhum com a diagramação – tudo lindo.

A escrita da Emily X. R. Pan é linda, mas um pouco mais complexa em questão de vocabulário em inglês. Já que a versão em português já está por aí, um problema a menos nesse mundo. Uma coisa que eu achei incrível foi a descrição dos sentimentos das personagens por cores. Sim, CORES! A Leigh é artista, então ela praticamente pensa em cores. Isso me comprou completamente. Adoro personagem bem desenvolvida.

As personagens são todas incríveis. Super bem construídas e interessantes. Fiquei com um pouco de raiva da Leigh em alguns momentos. Mas no geral, incríveis, todas elas. Não tenho uma personagem preferida, mas não quer dizer que elas sejam menos incríveis por causa disso.

A história é muito boa. Eu adoro livros que colocam apenas um pouquinho de magia no meio de um mundo completamente comum, e esse livro definitivamente é um desses. Conhecemos um pouco mais de cultura chinesa pelos olhos de uma garota que foi criada por uma mãe taiwanesa, mas que nunca chegou perto de conhecer seu país de origem. Não só isso, mas The astonishing color of after é uma grande discussão sobre morte, depressão e como passar o luto. Ele nos mostra que nem sempre superamos o luto rapidamente e que cada um lida com a morte do seu jeito.

Se você gostou de The astonishing color of after, você vai gostar de:

Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty;

A casa dos espíritos, de Isabel Allende;

A vida secreta das abelhas, de Sue Monk Kidd.

0 Comentários

Deixe um comentário!